Atendimento

0

Frete Grátis

acima de R$299

Descontos

em pagamentos a vista

Entrega local

receba hoje

Pague com cartão

em até 2x s/ juros

Segurança

Loja oficial

21/03/2022

Diabetes: quais são os sintomas, causa e o tratamento.

A diabetes é uma síndrome metabólica, caracterizada pelo aumento dos níveis de açúcar no sangue, decorrente da falta de insulina no organismo. A insulina é um hormônio produzido pelo pâncreas e responsável pela manutenção do metabolismo da glicose. Entenda mais sobre a doença e seus sintomas.  

 

O que é diabetes?  

Com o nome científico de Diabetes Mellitus, essa é uma doença originária de uma síndrome metabólica, que provoca um aumento da concentração de glicose no sangue. A diabetes é decorrente da falta de insulina no organismo, um hormônio produzido pelo pâncreas, que sem a insulina, fica incapacitado de quebrar as moléculas de glicose, a fim de transformá-la em energia.    

Portanto, ao invés do açúcar ser aproveitado nas atividades celulares, ele se acumula no sangue, causando um aumento nos níveis de glicose, que chamamos de hiperglicemia. Isso pode levar a complicações e surgimento de doenças no coração, artéria, olhos, rins e nos nervos.   

 

Quais são os 4 tipos de diabetes?  

Diabetes tipo 1  

Esse tipo pode aparecer desde o nascimento, surgindo geralmente na infância ou na adolescência e normalmente, hereditária. É considerada uma doença autoimune, já que essa categoria de diabetes é ocasionada pela destruição das células do pâncreas pelo próprio sistema imune. Dessa forma, a insulina é incapacitada de ser produzida e a glicose é acumulada no sangue.   

Diabetes tipo 2  

Podendo surgir ao longo da vida, e normalmente relacionada a falta de hábitos saudáveis, a diabetes tipo 2 é resultado de um aumento da resistência e de deficiência na secreção da insulina, atenuando sua produção e levando a um acúmulo no corpo. É o tipo mais comum e seus sintomas podem demorar anos até aparecerem.   

Essa condição está frequentemente associada a maus hábitos alimentares, obesidade, sedentarismo e hipertensão.   

Diabetes gestacional  

Ocorrendo apenas durante e gravidez, pode perdurar até depois do parto. O teste pode ser feito no terceiro trimestre de gravidez, sendo mais comum em mulheres com hipertensão arterial, obesidade ou histórico familiar de diabetes. Seu aparecimento está relacionado com um aumento de hormônios que bloqueiam a ação da insulina, produzidos pela placenta.  

Pré-diabetes  

Quando os níveis de açúcar no sangue estão maiores que o normal, pode ser considerado um alerta do corpo, sendo uma etapa que ainda pode ser revertida e prevenida, com a mudança de hábitos alimentares e a prática de exercícios.  

 

Quais os sintomas de quem tem diabetes?  

Existem alguns sintomas que são muito comuns e característicos do surgimento da doença. São normalmente:  

-  Aumento do apetite e consumo exagerado de açúcares e carboidratos; 

- Aumento da frequência urinária e infecções; 

- Dificuldade de cicatrização na pele;  

- Sensação de boca seca;  

- Perda de peso;  

- Aumento da fadiga e fraqueza no corpo;  

- Visão turva e embaçada;  

- Mudanças de humor e nervosismo frequente;  

- Náuseas, vômitos. 

 

O que causa a diabetes?  

Tanto a diabetes tipo 2, quanto a diabetes gestacional, são ocasionadas por fatores hereditários ou por maus hábitos, tanto físicos quanto alimentares. Pessoas com um ganho maior de peso e com um estilo de vida sedentário, possuem maior propensão a desenvolver a doença.   

Já a diabetes tipo 2, não é decorrente de um determinado estilo de vida, já que é uma doença autoimune, normalmente presente desde o nascimento, sendo identificada posteriormente.   

 

Diabetes: o que pode comer?  

Em geral, o ideal é seguir uma dieta sem açúcar ou carboidratos. Também existem alimentos que ajudam no controle da doença, como grãos integrais, legumes e oleaginosas, que facilmente se adequam à dieta e ajudam na regulação dos níveis de glicose no sangue. A prática de exercícios físicos também deve ser considerada, já que melhora a qualidade de vida e alivia alguns sintomas.   

É indicado substituir o açúcar por outras alternativas, como adoçantes de sucralose ou stevia, por exemplo.  

 

Diabetes: tratamento  

Além de práticas saudáveis, como a adoção de uma dieta e a prática de atividades físicas, os tratamentos para os diferentes tipos de diabetes possuem como objetivo aliviar alguns sintomas, evitar complicações e melhorar a qualidade de vida do paciente.   

Em outros casos, são recomendados o uso diário de insulina injetável, antidiabéticos orais, além das medições recorrentes dos níveis de insulina no sangue.   

 

Para você que segue uma dieta diabética, a Paraíso Saudável tem os principais produtos zero açúcar para você incluir no seu dia a dia e deixar sua rotina mais fácil.

 

Clique AQUI e veja os adoçantes mais vendidos em nosso site.